Italian flag Russian flag German flag Netherlands flag Belgium flag Austrian flag French flag Spanish flag British flag

Oil Facts

Principais tipos de óleo

 

Óleo Mineral  - Este é o “ouro negro” que saí do solo e é refinado do petróleo bruto.

Óleo Semi-Sintético - Uma mistura de minerais e óleos básicos sintéticos. É pretendido ter a qualidade e benefícios de um sintético sem os mesmos custos.

Óleo Sintético - Apesar do nome, a maioria dos óleos sintéticos são derivados de óleo mineral e PAO que provem dos gases extraídos do petróleo bruto. O PAO irá se misturar sem problemas com os convencionais óleos minerais, significando que pode adicionar um ao outro sem o medo de poder criar problemas no motor.

 

SINTÉTICO MULTIPLICIDADES - Os factos base :

 

  • SAE 5W, 10W, 15W e 20W são classificações da viscosidade do óleo a -25, -15 e -10 graus centígrados respectivamente. Isto tem tudo a ver com o arranque a frio em condições de inverno. 5W e 10W são realmente intencionados para os severos Invernos do norte da Europa (ou América).
  • SAE 20, 30, 40 e 50 (o 60 é uma especificação obsoleta originalmente para grandes motor aéreos refrigerados a ar) são todos medidos a uma temperatura de 100 graus, que é uma temperatura típica presente num cárter de um motor convencional. A SAE 50 proporciona a melhor protecção em climas quentes onde as temperaturas de óleo podem exceder os 100 graus.
  • Assim que um motor atinja as suas temperaturas normais de funcionamento (se acima dos 70 graus) a classificação SAE “W” não tem efeito no motor.
  • Um leque vasto de variadas graduações (5W/50 etc.) foram originalmente intencionadas para climas severos onde se podem esperar arranques a frio a começar nos 20 graus negativos, seguidos de uso prolongado a velocidades elevadas em auto-estrada. Os lubrificantes normais para uso de clima moderado são o 10W/40 (norte da Europa) e 20W ou 15W/50 (sul da Europa). Aparte do custo grande parte dos óleos multi-facetados tem grande quantidades de polímeros na composição e sofrem de liquidificação com o uso (perda de viscosidade durante o uso). É interessante notar que o “MOBIL 1 RACE”, especialmente procurado para o mercado dos motociclos, é um 15W/50, portanto tem que lidar com pequenos motores de alta rotação onde o MOBIL1 é 5W/50 [agora 0W40, 1998].
  • Um óleo sintético não garante automaticamente uma protecção extra no motor. Aqueles baseados nos hidrocarbonetos sintéticos (PAOs) duram mais, mas não proporcionam uma melhor protecção que um óleo de base mineral. Aqueles que contêm os ésteres sintéticos mais caros também contribuem para o desempenho anti-desgaste; um 10W/40 “pro-4 race”, baseado numa mistura ester/PAO a 100%, está perto do fim do seu programa de desenvolvimento, mas será mas será dispendioso. É destinado principalmente para as "super-bikes".